ACPC-RJ - AMIGOS DO CANTO PRAIA CLÁSSICO DO RIO DE JANEIRO
 
08/03/2016 - 18:11h
REGULAMENTO DO cANTO pARACAMBI cLÁSSICO

REGULAMENTO CURIÓ  CANTO PARACAMBI CLÁSSICO

1-  As normas e rotinas deste Regulamento serão aplicadas a todos os torneios regionais e locais organizados e dirigidos pelo clube, quaisquer divergências entre normas e rotinas deste regulamento em relação a qualquer outro específico prevalecem estas normas e rotina aprovadas pelo Conselho.        

 

 CATEGORIAS DE COMPETIÇÃO

 

São 04 (quatro) as categorias de Canto de Curiós:

 

Categoria A (PRETO) - CANTO CURIÓ PARACAMBI CLÁSSICO

 

A 1 – Com Repetição

A 2 – Sem Repetição

 

Categoria B (PARDO) - CANTO CURIÓ PARACAMBI CLASSICO

 

B 1 – Com Repetição

B 2 – Sem Repetição

 

PARDO CLÁSSICO

Deve possuir mais de 50% de cor parda e, em caso de dúvida sobre essa porcentagem, consultar o Diretor ou Coordenador Técnico antes de fazer sua inscrição. Se durante o campeonato o pássaro perder a condição de pardo, terá que mudar para categoria A – Preto Clássico, perdendo todos os pontos conseguidos na categoria  Pardo Clássico.

Se o Curió já participou do torneio  paracambi classico Pardo Clássico, no ano anterior, poderá se inscrever na Categoria Preto Clássico, independentemente do percentual de cor parda.

A Categoria PARDO CLÁSSICO deve seguir os mesmos critérios da categoria “A” Preto Clássico.

 

 

Obs: Quando constatado que o Curió foi inscrito para Categoria que não a sua, o juiz deverá interromper a apresentação do pássaro, orientando e encaminhando o expositor para a Categoria adequada, o qual se apresentará em último lugar.

 

REQUISITOS OBRIGATÓRIOS

 

Durante a sua participação, deverá emitir no mínimo 2 (duas) cantadas, composta do módulo de entrada de canto e módulo de repetição.

Módulo de entrada: Ti – tui – tió - tuil – tié – tié –  tiu – tam – tiam

 

Módulo de repetição: tuil – tié – tió – tió / tuil – tié – tié – tiu – tam – tiam;

 

OBSERVAÇÃO :  NÃO SERÁ DESCLASSIFICADO  O PÁSSARO QUE INICIAR O CANTO SOMENTE COM 07 (SETE) , 08 (OITO)e 10(dez)  NOTAS NO MÓDULO DE ENTRADA E SIM PENALIZADO PERDENDO  0,50 (MEIO PONTO).

OS CURIÓS QUE EMITEM SOMENTE O MÓDULO DE ENTRADA COM APENAS 07 (SETE), 08 (OITO) ou 10 ( dez) NOTAS, SÓ PODERÃO PARTICIPAR DOS TORNEIOS DURANTE 03 (TRÊS) TEMPORADAS, 2015/2016, 2016/2017, 2017/2018, TENDO O ANO DE 2019 COMO O ANO DE INÍCIO DO NOVO REGULAMENTO, ONDE SERÁ COBRADO SOMENTE O MÓDULO DE ENTRADA COM 09 (NOVE) NOTAS E O MÓDLO DE REPETIÇÃO COM 10 (DEZ) NOTAS.

 

ESSE PERÍODO DE TRÊS TEMPORADAS SERÁ O TEMPO HÁBIL PARA  TODOS OS CRIADORES E MANTENEDORES SE ADEQUAREM AO REGULAMENTO DE 2019.

 

 

 

REQUISITOS QUALITATIVOS

 

   Além dos requisitos obrigatórios, deverão ser considerados para efeito de atribuição de notas, análise  os seguintes requisitos para todas as categorias:

 

-      Voz

-      Andamento de Canto (nitidamente moderado);

-      Melodia

  

 

OBS:Serão conferidas notas de 5 a 10 em cada requisito.Dividindo por três determinando a nota de canto do pássaro.Deste valor serão retiradas as possíveis faltas e daí teremos a nota final. RASGADA – Serão consideradas deficiência quando o curió emitir  Rasgada cortando notas de canto.

Quando emitir   Rasgada em “R” antes da Entrada de Canto ou após o arremate (tam tiam) , não será considerado defeito.

 

 

Se o curió tiver iniciado o módulo de entrada e rasgar, ele será penalizado por não emitir as notas devidas , mesmo vale para o módulo de repetição.

 

 

DEFEITOS OU DEFICIÊNCIAS 

-      Notas estranhas; péu péu,oi,cuem….

-      Remontagem de canto;

-      Vícios

-      Voz muito fina , musicada, rouca, metálica, com chiado ou com sotaque de outras categorias diferentes do canto Paracambi Clássico;

-      Perdidas (destoadas no canto); e

-      Retorno de Canto.

CONTAGEM DE REPETIÇÃO

As repetições deverão ser contadas somente nos Módulos de Repetição, sem considerar o Módulo de Entrada.

- CATEGORIA “A” (PRETO):

Será classificado como repetidor, o curió que durante sua apresentação der no mínimo 02 (duas) cantadas com 08 (oito) repetições (um módulo de entrada e mais 08 módulos de repetição), ou que durante o tempo de apresentação der uma cantada der 01 (uma) cantada com 15 (quinze) repetições (um módulo de entrada e mais 15 módulos de repetição, ou mais, mesmo que essa cantada seja única, será considerado apto a julgamento, e será classificada como repetidor.

Após passar por repetidor, não será necessário continuar contando as demais repetições.

No entanto, todos os cantos serão considerados para efeito de nota, no quesito apresentação e também penalizado pelas suas falhas caso venha emitir.

 - CATEGORIA “B” (PARDO):

Será classificado como repetidor, o curió que durante sua apresentação der no mínimo 02 (duas) cantadas com 06 (SEIS) repetições (um módulo de entrada e mais 06 módulos de repetição), ou que durante o tempo de apresentação der 01 (uma) cantada com 12 (doze) repetições (um módulo de entrada e mais 12 módulos de repetição, ou mais, mesmo que essa cantada seja única, será considerado apto a julgamento, e será classificada como repetidor.

Após passar por repetidor, não será necessário continuar contando as demais repetições.

No entanto, todos os cantos serão considerados para efeito de nota, no quesito apresentação e também penalizado pelas suas falhas caso venha emitir.

 

CURIÓ NÃO REPETIDOR

- CATEGORIA “A” (PRETO):

Será classificado como não repetidor, o curió que durante a sua apresentação emitir pelo menos 5 cantadas completas com ME e MR.Caso não o faça será desclassificado.

- CATEGORIA “B” (PARDO):

Será classificado como não repetidor, o curió que durante a sua apresentação emitir no mínimo 5 cantadas completas.

OBS: A contagem de repetições não será interrompida quando o curió dividir o canto com  rasgada .

As repetições devem ser contadas nos Módulos de Repetição, fechando o canto com no mínimo 2 (duas) notas o tam tiam de Paracambi  classico. 

 

ATRIBUIÇÃO DE NOTAS

1º - Nota estranha - 0,50 cada;

 

2º - Retorno de canto - 0,50 cada.

 

3º - Remontagem – 1,00 cada.

 

4º - As omissões de qualquer das notas de canto paracambi classico, bem como a sua emissão a mais  serão descontadas 0,25 cada.

 

6º - Cada corte de canto será descontado em 0,10.

 

7º - Ao ser pendurado na Estaca, se o expositor soltar a gaiola e o pássaro já estiver cantando, será considerada a partir da parte após soltar a mão da gaiola. As notas que estiver faltando, será considerada omissão, ocorrendo o previsto neste regulamento.

 

INSTRUÇÕES AOS JUÍZES DE CANTO

O juiz pré-escalado pela Federação que por algum motivo não for atuar, deverá comunicar ao coordenador do evento em no mínimo, 05  (cinco) dias antes do torneio.

Para o bom andamento dos torneios, o Coordenador de Canto Paracambi Clássico da Federação solicita aos juízes a leitura do regulamento, que deverá ser seguido na íntegra e para que se tenha um julgamento justo e perfeito.

 

FORA DO REGULAMENTO:

-      Quando o pássaro não atingir o regulamento;

-      Não Cantou;

-      Não Compareceu;

-       

 DESCLASSIFICADO:

-      Quando ferir as normas deste regulamento, podendo ser desclassificado somente por uma prova ou por todo campeonato, dependendo do grau da contravenção, com isso, não contará presença no Campeonato.

OBS: ESTA DECISÃO FICARÁ A CARGO DA COMISSÃO ORGANIZADORA DO CAMPEONATO.

FICHA DE INSCRIÇÃO

 

Na ficha de inscrição fornecida pelo DEPARTAMENTO DE CANTO DE CURIÓS, que deverá ser preenchida antes de iniciar o Torneio, pelo proprietário ou expositor, deverão constar, obrigatoriamente, os seguintes dados:

a) Nome do pássaro;

b) Dados do anel (completo);

c) Nome completo do proprietário;

d) Número do CTF (cadastro técnico federal-Ibama);

e) Nome da Associação ou Clube a que pertence o proprietário;

f)  Nome da Cidade e UF; e

g) Nome do criador do pássaro.

Terão direito a inscrição nos torneios os expositores associados às Entidades Ornitofílicas de todo o País e registrados como criadores amadores e/ou comerciais de Pássaros Nativos no Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), devendo apresentar, no ato da inscrição, a sua Carteira de filiação a uma entidade Estadual, até 30 minutos antes do início das provas.

 

TEMPO DE PERMANÊNCIA DO PÁSSARO NA ESTACA

O Tempo de Permanência de cada pássaro na estaca será de 5 (cinco) minutos, sendo que, quando houver mais de 25 pássaros inscritos em uma determinada Categoria, o tempo de permanência poderá ser serão compostas por um juiz titular, um juiz auxiliar e um mesário;

salvo quando, por outros motivos, não for possível; caberá aos juízes auxiliares contar as Repetições em todas as Modalidades, bem como o número de Deficiências e Defeitos, juntamente com o juiz titular.

LOCAIS DOS TORNEIOS

Só poderão ser realizados em recintos protegidos do sol, da chuva, do vento, em ambiente claro, arejado e seguro.

CAMPEÕES DA TEMPORADA

 Através do seu DEPARTAMENTO DE CANTO DE CURIÓ classificará por Categoria os pássaros campeões da temporada.

Desempate:    

 Caso ocorra empate na apuração dos Campeões da Temporada, no mesmo campeonato, o DEPARTAMENTO DE CANTO DE CURIÓ adotará os seguintes critérios, respeitando suas Categorias:

 

a) O pássaro vencedor será aquele que obtiver o maior número de Primeiros Lugares;

b) Persistindo o empate, o desempate será em favor daquele que obtiver o maior número de Segundos Lugares;

c) Mantendo-se ainda o empate, o pássaro vencedor será aquele com a maior média de notas nos Torneios da Temporada .

 

 A classificação se fará pela somatória dos pontos obtidos em cada torneio, pelo seguinte critério:

 

1º lugar - 10 pontos

2º lugar - 08 pontos

3º lugar - 06 pontos

4º lugar - 04 pontos

5º lugar - 02 pontos

 

Só serão homologados os títulos de campeões da temporada aos pássaros que

participarem de 50% + 1 (cinquenta por cento mais um) do total dos torneios.

 

OBS: É extremamente proibido  os expositors, ou outros, a circularem com gaiolas abertas ou fechadas, pássaros pendurados nas imediações das estacas, pássaros fora dos carros antes de ser chamado para estaca ou mesmo depois. Quando identificado, o pássaro perderá automaticamente seus pontos e o expositor estará suspenso do torneio subsequente.

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

  1 - Qualquer ação de marketing (publicidade/propaganda) no recinto do Torneio deverá ser autorizado pela comissão organizadora do campeonato.

2 -Todos os criadores/competidores presentes deverão estar atentos em proteger os seus pássaros para que não sejam assustados, não deixando que se aproximem das gaiolas, crianças, pessoas portando chapéus, bonés ou similares, guarda-chuva, animais e outros;

3 - Ficam terminantemente proibidas a presença de pessoas embriagadas, mesmo sendo criadores/competidores e, se houver insistência, o pássaro do mesmo será desclassificado pelo Juiz e suspenso do próximo torneio.

4- AGRESSÃO: Toda e qualquer agressão física, escrita ou verbal, independente do motivo e análise, fica de antemão o agressor e o pássaro envolvido, suspenso por um ano da Federação, perdendo todos os pontos na competição atual, sem direito de recorrer da decisão e sem nenhum tipo de ressarcimento. Ficando para análise do Presidente da Federação a possibilidade de aumento da pena. 

5-Qualquer reclamação deverá ser feita por escrito, à Federação para a tomada das providências cabíveis;

6 - No caso de qualquer desacato à autoridade dos Juízes, o Presidente da entidade promotora do torneio ou o Conselheiro Técnico encaminhará ao Presidente da Federação um relatório, expondo os problemas surgidos, que depois de assegurada a ampla defesa dos envolvidos, emitirá o seu parecer conclusive .

7- Os Torneios terão início, sem tolerância, às 08h e 00min, horário de Brasília/DF, com os pássaros nas estacas, todavia, em caso de força maior, a decisão de adiamento será tomada em consenso pelos Membros do Conselho Técnico ..

8- DAS ESTACAS:  As estacas deverão ser de metal na cor cinza, branca ou inox e sem decoração, com gancho chato e base firme de forma que não permita a gaiola balançar para não prejudicar o pássaro na estaca.

 9- DA DISPOSIÇÃO: As estacas serão dispostas de maneira que uma categoria em hipótese alguma tenha contato visual ou sonoro com outra, independente da categoria.

10 - Todas as estacas deverão ser delimitadas por uma faixa (não pode ser zebrada) ou cordão de isolamento, com distância mínima de três metros entre os expositores, visitantes e as gaiolas.

11- Antes de dar início à contagem de tempo, verificar se o pássaro está anilhado, com água, alimentação, placa de identificação conforme normativa do IBAMA, ficando a banheira a critério do expositor, porém a Gaiola deverá permanecer encapada durante o percurso, até o momento de adentrar a corda de julgamento, e não poderá estar revestida com saia ou capa protetora. Esta verificação poderá ser feita pelo Mesário ou Juiz. A não observância desse item, o pássaro será considerado desclassificado da prova.

Nota: Após o pássaro cantar, deverá sair encapado.

12- Toda e qualquer ficha de julgamento pertence aos arquivos do Clube, portanto não poderá ser levada pelos juízes. 

 Pássaros de propriedade do Juiz ou Juiz Auxiliar:

O Juiz ou Juiz Auxiliar, poderá apresentar seus pássaros nas Categorias onde o mesmo se apresenta como Juiz, desde que o pássaro não participe da avaliação (não receba nota) classificatória.

13 - Os criadores dos pássaros campeões de cada categoria receberão placa de mérito e para isso no momento da inscrição o expositor deverá cadastrar o nome do criador.

14- PÁSSAROS HÍBRIDOS: Não serão permitidas as participações de pássaros híbridos (cruzamento entre espécies diferentes).

15. PÁSSAROS DEFICIENTES: Não poderão participar pássaros cegos dos dois olhos (impossibilitado de enxergar o ambiente ao redor).

16- IDADE DOS PÁSSAROS: Proibido participação de pássaros com menos de seis meses de vida.

17- A inscrição será aprovada mediante a apresentação dos seguintes documentos:

 - Relação atualizada dos pássaros emitida pelo SISPASS;

- Licença de Transporte emitida pelo SISPASS destinada aquele evento;

- Apresentar GTA(Guia de Transportes de Animais), no caso de expositores de outros Estados.

 

18- Não poderão ser inscritos pássaros que apresentem cores diferentes do fenótipo característico da espécie (mutações).

19-Os pássaros presentes no evento deverão estar acompanhados do criador registrado, munido de sua relação de passeriformes válida e atualizada

20- No caso das aves estarem sob responsabilidade de terceiros, os mesmos deverão estar munidos de documento de identidade com foto e licença de transporte com finalidade de Torneio válida, devidamente quitada e registrada em nome do responsável pelas aves.

21- No ato da inscrição, o expositor declara-se de acordo com este regulamento para participação nos Torneios.

22- Ficam proibidas filmagens das apresentações dos passeriformes no decorrer do TORNEIO, exceto as realizadas com a autorização da Comissão Organizadora e as que o expositor fizer exclusivamente do passeriforme que apresentar.

O descumprimento desta norma acarretará ao expositor e/ou proprietário do passeriforme, inclusive, a(s) sua(s) suspensão(ões) além do pássaro filmado perder os pontos no evento que ocorrer a filmagem.

23- Só poderão concorrer pássaros com anéis fechados e que não apresentem sinais de violação ou bitola diferente das compatíveis com o tarso da ave, conforme exigências do IBAMA.

24 -TROFÉU BICO DE OURO:

SOMENTE PARA O MAIOR REPETIDOR DE TODO O CAMPEONATO, PARA TAL SERÁ COMPUTADA A MAIOR CANTADA DE TODO O CAMPEONATO.

OBS: Somente um pássaro (curió) poderá ganhar este troféu.

 


< voltar

 
 
www.cantodocurio.com.br - 2021 - Desenvolvimento: